Rodado entre os anos de 2007 a 2010, Nos Tempos da São Bento é um documentário que busca a memória coletiva do hip-hop. Um dos intuitos é resgatar a memória daqueles que fizeram a História do Hip-Hop, ocupando por vários anos o espaço do Metrô São Bento, no centro da cidade de São Paulo. Minuciosa, a estrutura discursiva nos leva ao conflito com o esquecimento; o ato social de se apagar fatos, pessoas e grupos da história. É justamente este conflito, apresentado através do exercício da narrativa, que se transforma em ação dramática, onde a personagem principal é a memória coletiva.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

No Cambuci

Choveu muito e em meio a tanta água avistamos um grafite dos Gêmeos na caixa d'agua de um prédio. Mas nossa intenção não era fotografar os grafites (não desta vez) e sim encotrar duas pessoas: Biro e Mancão. O primeiro foi dançarino da RED CRAZY CREW de Santos e, apesar de não dançar mais, em uma breve demonstração notamos sua agilidade. O segundo dispensa apresentações; Mancão é um dos nomes mais citados quando o assunto é velha escola. A tarde toda relebraram fatos e com um album de fotos em mãos os assuntos fluiram de forma agradável. Em uma das passagens pelas ruas do bairro tivemos o prazer de encontrar os Gêmeos. O que já estava bom, ficou ainda melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário