Rodado entre os anos de 2007 a 2010, Nos Tempos da São Bento é um documentário que busca a memória coletiva do hip-hop. Um dos intuitos é resgatar a memória daqueles que fizeram a História do Hip-Hop, ocupando por vários anos o espaço do Metrô São Bento, no centro da cidade de São Paulo. Minuciosa, a estrutura discursiva nos leva ao conflito com o esquecimento; o ato social de se apagar fatos, pessoas e grupos da história. É justamente este conflito, apresentado através do exercício da narrativa, que se transforma em ação dramática, onde a personagem principal é a memória coletiva.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Gema


"Cheguei lá pensando que era mais um, quando me deparei estava envolvido naquele universo"

"Tomavamos conta, assinamos documentos com o METRÔ, persistimos..."



Gema





Foto: Cassimano.

Dj KL Jay


"A gente vinha para se encontrar, trocar idéia; era como uma família né mano?"

"A Roosevelt foi legal, mas o pico era a São Bento, lá era o centro"

"Eu me sentia livre, Hip-Hop é uma cultura de liberdade"

Dj KL Jay

Foto: Cassimano.

domingo, 4 de julho de 2010

Ani (Nitro - Street Breaker's)


Lembrei-me de uma música cujo trecho dizia que Hip-Hop aprendi desde criança. Ani guarda com saudade as lembranças de quando seu irmão a levava, ainda criança, para a estação; praticamente cresceu com o Hip-Hop. Educação que vem de berço?



Foto: Cassimano.

Pepeu para você!


P de pato, P de pia, P de Pepeu... Palavras para a perenidade:

"Quando Cheguei lá na estação, foi a mesma sensação de colocar água na panela (...) vai ferver!!!".